Coletivo Minissaia no Iberostate

coletivo minissaia iberostate alex galletti 1

O último mês foi especialmente agitado pra o Coletivo Minissaia, além do talk show no Universo Urbano, pra fechar o mês de abril estivemos no Iberostate Praia do Forte pra bater um papo com o arquiteto e urbanista Alex Galletti.

Conversamos sobre alguns assuntos que, particularmente, sempre tive muita curiosidade em saber, como o processo do boom da construção civil em Salvador, a identidade arquitetônica soteropolitana e suas mudanças, o urbanismo contemporâneo e os avanços tecnológicos na arquitetura.

Alex que, além de figura prestigiada no meio, é sócio da 3A Arquitetura ainda nos contou sobre sua experiência criativa e conversamos sobre como a arquitetura pode ajudar no processo de protagonismo da cidade.

coletivo minissaia iberostate alex galletti 2

Foi muito interessante poder debater essas questões com quem realmente entende do assunto e aprender sobre como a cidade se comporta nas mudanças temporais e se adapta aos avanços que modificam a paisagem como a conhecemos. A verdade é que a cidade está sempre em trânsito, se modificando constantemente e se refazendo a todo momento pra atender as necessidades da sua população.

Então, todas as diferenças que percebemos em Salvador ao longo dos anos, refletem o comportamento das pessoas que vivem nela. Porém, um lugar tão rico como nossa Soteropolis possui muito mais complexidades. Bem sabemos que nem todas as mudanças que acontecem realmente servem como uma melhoria e encaixa com a evolução de sua população, mas é também dessa forma que vai se construindo a identidade do local.

Cabe a nós, moradores dessa cidade urbana, contemporânea, mas cheias de referências históricas e tropicalidade que é Salvador compreende-la tal qual ela é, sem vislumbres e tentativas de torna-la algo distante, com padrões que não combinam com a vivencia local, mas sim construir uma cidade que caminha junto com seus moradores.

coletivo minissaia iberostate alex galletti 3

Sempre bom expandir nossa visão de empoderamento pra outros assuntos além dos que estamos acostumados, né? Afinal, nos tempos atuais tudo precisa ser revisto e rediscutido pra que possamos evoluir.

Fotos: Genilson Coutinho

FacebookTwitterGoogle+