Atualizando a Camisa

atualizando_formas_usar_camisa_alfaiataria

Quem acompanhou a última temporada de moda (teve cobertura lá no instagram do blog: @tendencialist, segue lá!) percebeu que uma peça foi o centro das atenções. A camisa de alfaiataria apareceu em quase todos os desfiles e foi o destaque em todas as principais semanas de moda no mundo.

O burburinho não foi à toa, a tradicional camisa de botões apareceu de varias formas possíveis e imagináveis, nas passarelas e no street style. Completamente repaginada, a camisa de alfaiataria virou peça despojada, seguindo o comando do street wear (que reinou nas coleções). E se o estilo das ruas foi tão sincronizado com as fashion weeks é porque a trend se apresentou de forma bastante flexível e democrática, tanto que dá pra aderir a tendência sem precisar correr pras compras!

Nada melhor que uma trend que chega e já podemos incorporar usando o que tem no nosso guarda roupa, né? Então pega a camisa formal e basicona que chegou a hora dela ser a estrela do look trend e antenado! A antiga companheira do trabalho agora vai do passeio à balada com simples adaptações.

O hit da temporada pode vir com diferentes sobreposições: por baixo do vestido ou do top, pode virar forro da saia transparente (que bombou há algumas estações e já deve estar de lado no armário, pode voltar a usar djá, hehehe!) ou juntar com outras trends, como a do decote ombro a ombro. Pra as mais básicas, a chemise ganha novo brilho com a camisa de alfaiataria em evidência e, pra as mais ousadas, transformar a camisa em saia ou usar a peça com os botões pra trás formando um decote nas costas pode ser a pedida certa de look mega fashion!

Pra quem gosta anda mais de criar, as possibilidades são enormes, vale cortar as mangas na parte dos ombros, bordas os punhos, aplicar patches, desconstruir a modelagem e o que mais a imaginação mandar! Já deu pra perceber que a trend alcança todos os gostos, né? É só adaptar a peça pro seu estilo!

Tão bom quando uma tendência chega incentivando formas diferente de pensar uma peça que conhecemos tanto, né? É uma delicia pra nossa criatividade!



Trend Alert: Rainbow Stripes

trend_alert_rainbow_stripes_listras_coloridas_tendencia_1

As listras estão mesmo com tudo no nosso guarda roupa, além da invasão das listrinhas em preto e branco, as super coloridas também estão vindo forte nessa temporada. Conhecidas como rainbow stripes, o nome da trend já diz – quase – tudo sobre o print, as peças na estampa trazem listras em diversas cores “aleatórias”, que combinam entre si, mas não precisam ser sequenciadas e, às vezes, rolam umas listrinhas pretas pra aumentar o contraste entre as cores, geralmente nas horizontais – mas pode aparecer na vertical ou em zig zag.

Não dá pra negar o ar retrô que a tendência traz, dependendo da disposição da estampa, a peça pode ficar bem a cara dos anos 1990, principalmente nos modelos mais oversized. Os shapes mais sequinhos, como nos vestidos slim e nas saias lápis, tem um toque mais moderno, mas não negam o revival, os modelos trazem tecidos canelados e detalhes como gola rolê e decote trapézio, como na década de 90.

A trend está bombando tanto no street style quanto nas passarelas, nessa edição da NYFW do verão 2017 o print já apareceu nos desfiles de grifes como Tommy Hilfiger, Desigual e Opening Ceremony. Além das marcas gringas, aqui nas terrinhas tupiniquins o arco íris chegou com força nas fast fashions, seja em peças completas como nos vestidos ou em detalhes como nos tops. O garimpo fica facinho com tanta variação de combinação que o print propõe, olha só os achados que podem colorir suas produções! 

trend_alert_rainbow_stripes_listras_coloridas_tendencia_2



Uau ou uó: Boxer braids

uau-ou-uo-trend-alert-boxer-braids-tendencia

Desde o fim do ano passado o penteado que tem feito a cabeça das celebrits são as boxer braids, uma referência ao penteado das boxeadoras na hora da luta (vide o filme menina de ouro, quem lembra? hehehe). Na gringa, o penteado virou febre, sendo usado desde os momentos fitness até o red carpet. Além das celebridades e modelos (até Ariana Grande deixou de lado seu rabo de cavalo altíssimo pra usar as tranças) que viraram addicteds das tranças, as bloggers e fashionistas também aderiram em peso a trend.

Um dos pontos que colaboraram pra que o penteado virasse esse fenômeno é a praticidade, as tranças deixam o cabelo no lugar o dia inteiro, sem bagunça e com muito estilo, além de ser super fácil de fazer em casa, curinga ideal nos bad hair days da vida. As tranças começam embutidas desde o inicio da raiz do cabelo, até o fim da cabeça e só se soltam no comprimento, essa configuração faz com que o penteado seja bastante versátil e perfeito pra os dias de correria, pra disfarçar a coloração ou o corte que não deu certo e também pras meninas que estão passando pela transição capilar.

Mas, sem dúvidas, as grandes responsáveis pela febre da tendência são as irmãs do clã Kardashian-Jenner que já foram clicadas diversas vezes usando boxer baids e ajudaram a popularizar as tranças nesse formato e, por isso, a polêmica entorno do penteado. O questionamento sobre o fetichismo cultural do clã é tema recorrente nas conversas sobre as trend setters e, nesse caso, muita gente tem apontado que as tranças embutidas, enquanto fashion trend, são um ponto de apropriação cultural, pois sempre foram um penteado que as meninas de cabelo afro costumavam usar, sendo conhecidas aqui na Bahia como tranças nagô, uma referência a cultura e não a uma tendência. Mesma polêmica que rolou na época do desfile do verão 2013 da Tufi Duek, que com uma beleza incrível e super antenada, trouxe o penteado pra passarela da SPFW.

Que as boxer braids (ou tranças nagô) fizeram a cabeça da gente é certo, mas pra vocês, a polêmica tem fundamento ou não?