Retrospectiva 2015

Mais um ano começando e mais uma #RetrospectivaTendencialist no ar! O post mais tradicional e gostosinho do blog tá recheado de acontecimentos pra relembrar 2015, com novidades e com a clássica previsão pra esse ano. Esse ano contei com a ajudinha dos seguidores do Snapchat (segue lá nathalia.luna) pra escolher algumas das maiores trends. Então pega a pipoquinha e vamos ver os destaques da moda e do mundo pop no ano que passou!

retrospectiva tendencialist 2015-1Fashionista: No mundo fashion só se falou em Gigi Hadid. Esse ano a modelo bombou real, faturou capas de diversas Vogues (inclusive Brasil), chamou atenção nas redes sociais e no clipe dazamiga (team bad blood, hahaha), foi o rosto de campanhas tops (tipo Balmain e Versace) e pra fechar com chave de ouro entrou pro seleto time de Angels da Victoria’s Secretes e foi nomeada embaixadora global da Tommy Hilfiger. Além de ter os looks mais comentados, cada produção de street style e red carperd era um babado diferentes, vide o cabelo curtinho (uma peruquinha) que surpreendeu todo mundo.

Acessórios: Controverso? Sempre. Dividindo opiniões? Também. Odiado nos anos 90? Sim. Amado em 2015? Com certeza. Quem é? A Tattoo Choker, kkkkkkk. Ela até apareceu no Uau ou Uó já que o acessório não é consenso de bom gosto, mas não se pode duvidar que foi o ano da gargantilha de tatuagem. A tattoo choker esteve em todos os lugares, das baladas às viagens, dos looks mais descolados aos mais desligados, com os saudosos que usaram na década de 1990 e com os novinho que nem imaginam a polêmica do acessório.

Destaque: As destacadas de 2015 não poderiam ser mais amadas, fashions e trend setters, hehehe. Sophie Charlotte teve um ano lindo, gravidíssima, casou com Daniel de Oliveira numa cerimônia cheia de candy color, desfilou looks super estilosos e foi a primeira brasileira escolhida pra ser fidèle da Louis Vuitton. Zendaya encheu todos de orgulho, ela não arrasou só nos looks (os mais ecléticos, harmônicos e desejados ever), mas lacrou também na beauté soltando seus cachos com muito estilo e empoderando as negras ao aparecer com seus dreads maravilhosos no Oscar cheia de style! <3

Bolsa:  Se em 2014 as bag funs foram as it-bags do ano, 2015 seguiu a linha divertida e teve como bolsa mais desejada as da Fendi, mas não só pelo modelo versátil estruturadinho com alça reversível, a febre foi pelos acessórios das bolsas! Tudo penduradinho, desde bolsinhas pequeninissimas tipo miniatura até chaveirinhos, mas o best acessório ficou por conta dos pompons!

Sapato: Falem o que quiser (mais um item polêmico na lista, hahaha), mas as gladiadoras voltaram, sim. Repaginadas, claro, e tão lindas – e a cara do verão – que foram o hit de 2015 no modelo Lace Up que é bem mais delicado que antes, com fitinhas charmosas que deixam as amarrações na altura que a gente quiser.

Beauté: As Kardashians não podiam ficar de fora da retrospectiva, né? Nem que seja pela trend de beauté mais amada de 2015 – e a mais usada pela Kim – o Contouring. Falamos da técnica de claro/escuro na make no post sobre o strobing (que, quem sabe não tá nessa categoria em 2016?).

Bombou: Parece que 2015 foi um ano bem quente. Praticamente todas as categorias da retrospectiva tão com hits a cara do verão, como foi o caso da Ciganinha. O modelo que tem decote de ombro a ombro foi o mais bombado!

App: Categoria novitcha por aqui! Tava faltando a gente comentar dos aplicativos que tanto amamos. Não resta dúvida que foi o ano do Snapchat, né? Até os mais resistentes ao app aderiram aos cliques e vídeos compartilhados em quase streaming. O que mais gosto é a espontaneidade e a instantaneidade da ferramenta: viu um snap legal, dá pra conversar sobre na hora, ali no chat, fez o vídeo postou, acabou, tá lindo! Em 24 horas some e a timeline tá “limpa” de novo. Aliás, aproveita e me segue: nathalia.luna 😉 hahaha.

retrospectiva tendencialist 2015-2

Marca: Só deu Balmain em 2015, das peças mais copiadas ao mood mais desejado. A grife que mistura como nenhuma outras a pegada sexy com modelagem diferenciada e muito glamour chegou forte em todos os lugares, dominando as fashion weeks e, principalmente, as redes sociais com um super squad com nomes como Gigi Hadid, Karlie Kloss e as Kardashian (é só elas usarem pra todo mundo querer!).

Parceria: Eu disse que só deu Balmain, né? Então coloca mais que tá pouco, kkkkk! É claro que a parceria mais lacradora do ano tinha que ter a marca de 2015 envolvida. A coleção da Balmais X H&M foi um verdadeiro babado, além do burburinho e curiosidade que gerou desde a primeira notícia, causou frisson total no lançamento que teve invasão na loja digna do melhores tempos de black friday. Olivier Rousteing tá com tudo!

Trend Amor: O boho, ele veio pra ficar! Falamos do estilo desde o início do blog praticamente e pelo que parece não vamos parar de falar tão cedo (tomara, inclusive, pois adoro, hahaha!), cada estação é uma micro trend diferente. Dessa vez a que pegou a gente de jeito foram os Acessórios Boho, mas não são aqueles maxi colares ou aneis com turquesa que estamos acostumadas, não. O amor da vez são pelos acessório diferenciados, os braceletes cheios de correntes, as tornozeleiras que pegam o pé inteiro, body chain e as panjas (vocês sabem que eu amo esse acessórios, vide minha panja mania). Tomara que fique pra sempre!

Trend Horror: Sempre tomo muito cuidadinho na hora de escolher essa categoria pra não pagar a língua depois (minha cara fazer isso, tipo com a tattoo choker), hahaha. Mas essa trend eu não consigo engolir, a Gola Alta. Pra mim remete demais aos anos 90 a ponto de ter ficado datada, fora que acho uma modelagem bem esquisita quando a peça não tem mangas, parece algo desproporcional. 

Música: Essa foi a categoria mais dificil de 2015. Tive que pedir ajuda dos seguidores do twitter (tendencialist) e do snapchat (nathalia.luna) pra decidir entre: lean on, sorry, what do you mean, worth it, bang e hotline bling! Desde que Lean On foi lançada já tinha minha predileção por ela, grudou super, tocava em todas as festas e a coreografia era certa. Mas aí surgiu Hotline Bling na mesma pegada acabando com tudo, tocando o tempo todo. O resultado foi esse, pela primeira vez duas músicas escolhidas!

Comida: Outra categoria nova na nossa listinha! Essa já queria fazer há um bom tempo, nem sei por que não fiz antes, hahaha. Vocês sabem que adoro uma gordice, então era a hora de colocar as comidas por aqui, né? Mas não deixa de ser engraçado ter uma “comida bombada do ano”, kkkkkk. Pra inaugurar a categoria nem teve uma gordice como eu gosto, muito pelo contrário, a iguaria mais comentada e apreciada de 2015 é fit (claro, né), a Crepioca.

Previsão: Acho que os acessórios boho vão continuar com tudo, mas agora numa pegadinha mais minimalista. Minha aposta vai pra os Colares com Cristal, e outras bijux do tipo – vale anel, gargantilha, bracelete – que misturem pedras rústicas com metais de um jeito bem fashion e trazendo muita espiritualidade pra 2016!

Não posso deixar de lembrar que 2015 teve um dos acontecimentos mais importantes pra nós mulheres, o empoderamento. Além de ter sido colocado em pauta como nunca assuntos que precisam ser debatidos: gênero, sexualidade, misoginia, homofobia e racismo. Que toda força e lugar de fala que conquistamos no ano que passou aumente nesse novo ano e ganhe mais visibilidade.

Who does a new year is you!

FacebookTwitterGoogle+


Aperta o Play: Fireside

maxresdefault

Já aconteceu com você de se apaixonar por uma música que sempre ouvia, mas nunca dava muita bola? Isso aconteceu comigo com a faixa 8 do álbum AM, do Arctic Monkeys. Em breve o álbum vai completar dois anos de lançado, isso mesmo, eu passei quase dois anos sem prestar atenção numa música que sempre ouvia e agora to viciada.

Vocês sabem que o Artic Monkeys é minha banda do coração, fui no show deles no ano passado no Rio de Janeiro da turnê do AM. O álbum inteiro é delicioso, com faixas marcantes e que adoro, como: Do I Wanna Know?, R U Mine, No.1 Party Anthem, Why’d You Only Call Me When You’re High?, Snap Out of It, Knee Socks, I Wanna Be Yours e agora Fireside, ou seja praticamente o álbum completo.

Fireside se equilibra completamente com a pegada mais pop dos últimos anos do Arctic, mas que no álbum AM veio com um tom mais pesado, sexy e sombrio. Ao mesmo tempo a música se destaca das outras faixas por ter um toque que lembra a ideia do acústico, deixando um clima mais intimista na música.

De alguma forma, a melodia tem um tom que a faz combinar com todos os climas. Ela tá em diferentes playlists minhas no Spotify (se quiser seguir meu perfil é Nathi Luna), desde as mais relaxantes, até a mais down, passando pelas playlists dançantes. É como se a música se adaptasse ao meu humor, hehehe. Ou seja não tem como não ouvir o tempo todo!

Então #ApertaOPLay pra também se viciar em Fireside e ouvir a música todos os dias and I play it on repeat!

FacebookTwitterGoogle+


Retrospectiva 2014

Está no ar um dos posts mais deliciosos do Tendencialist! Nossa tradicional retrospectiva, uhuuu! Tá aí um post que eu adoro fazer, é sempre gostoso olhar pra trás e ver tudo que rolou de interessante no ano. Então vamos começar a relembrar os acontecimentos que 2014 teve muuuita novidade!
retrospectiva tendencialist 2014-1

Fashionista: 2014 foi o ano de Lupita Nyong’o, além de encantar o mundo com a simpatia e talento, a atriz mostrou todos os seus dotes fashionistas por onde passou. Nos red carpets virou musa da Prada e desfilou como princesa na maioria deles, mas como toda fashionista ousada, derrapou em algumas escolhas. A beleza estampou várias revistas de moda e ensaios cheios de cor, aí outro ponto que Lupita domina, usa cores como ninguém! As maquiagens sempre chamam atenção, mas no quesito cor, o que marcou foi uma das primeiras declarações da moça: “Escolhi essa cor de azul porque me lembra Nairobi, queria ter um pouco da minha casa aqui”, sobre o vestido usado no Oscar (foto). É ou não é uma linda?!

Acessórios: Esse quesito é indiscutível, as Pérolas vieram com tudo. O acessório clássico foi repaginado por Chanel e Dior e virou item de desejo. Mas nada de colares cumpridos cheio de bolinhas, agora é a vez do over pearl, as pérolas em sua verão maxi nos colares da Chanel e duplicados nos brincos da Dior foram os itens mais vistos por aí. De Rihanna à Dilma, as novas pérolas saíram das passarelas e foram até aos camelôs fazer a alegria de todas! Hahaha.

Destaque: As Kardashian’s sempre dão que falar, mas esse quem roubou a cena das irmãs no mundinho fashion foi Kendall Jenner, a modelo apareceu nas passarelas das marcas mais impostantes  da moda, se reinventou em editoriais e campanhas mais conceituais, além de estar cada vez mais estilosa. Enquanto isso no Brasil rolou o fenômeno Bruna Marquezine, tudo que a moçoila usava era alvo de curiosidade, os esmaltes foram sucesso, o estilo já é copiado pelas novinhas e o batom da MAC, Flat Out Fabulus, virou febre por aqui graças a atriz.

Bolsa: As Bag Funs já pairam nas mãos das mais fashionitas há um tempo, mas esse ano, sem dúvida, a moda conseguiu brincar completamente com tudo que era divertido e rir de si mesma, as bolsas com pegada divertida circulou em alta em 2014.

Sapato: Além de não se levar a sério, em 2014, a moda abraçou o conforto e o esporte, os Tênis saíram das academias (outra febre, junto com treinos funcionais e projetos, hehehe) e foram parar nos sites de street style como queridinhos e até na passarela da Chanel! Todos os modelos são bem vindos, tipo All Star, Keds, Vans, Slip on. Mas os must have foram mesmo os running, tipo New Balance (carinha de anos 90), com pegada de acadêmia, mas cheios de status fashion! Até eu passei a gostar, kkkk. Como não amar a moda? Sempre fazendo você rever seus conceitos, hahaha.

Beauté: Os Batons da MAC foram obsessão mais que o normal em 2014. A gente bem sabe que as cores e texturas lançadas pela marca vão virar febre e serem altamente opiados, mas dessa vez não teve uma cor que ficasse de fora da wish list!

Bombou: A previsão do ano passado foi certeira, hein?! Hahaha. O Colombian Style e sua pegada boho veio com tudo e não vai mais embora, já nos apegamos, kkkkkk! As bolsas wayuu, tornozeleiras, pulseirismos gipsy e, principalmente os Kimonos mais que bombaram. Estampados, de renda, com textura, franjas, aplicações, longos, uma infinidade de modelos e formas de usar fizeram a peça não sair mais do nosso acervo e dos nossos corações!

Cor: Não sei exatamente se ainda nos apegamos a uma cor especifico, nem sei exatamente se a Pantone acerta na cor que vamos amar. Em, 2013, por exemplo, vimos uma explosão de all white na moda (e nos carros, kkkkk), enquanto a aposta da Pantone foi no verde Emerald. Dessa acho que chegou perto com o Radiant Orchid, embora não tenha sido mesmo uma febre deu pra perceber que muitas marcas optaram por mudanças com o Roxo envolvido no meio, hehehe.

retrospectiva tendencialist 2014-2

Marca: Falando em moda sem se levar a sério, a Moschino foi uma das marcas responsáveis por isso. As coleções completamente funs inspiradas em grandes icones pop, como a Barbie e o McDonald, dialogaram muito bem com o público, a rapidez com que as peças mais inusitadas possíveis, como uma bolsa de fast food viraram desejo diz muito sobre a moda atual. A marca deu o que falar em 2014, desde a  volta da logomania e das inspirações dos anos 90, até as capinhas de celular super exóticas, o desejo foi tanto que o tio Ali não perdeu tempo. É um olho no desfile da Moschino e outro no Aliexpress, kkkkk!

Parceria: Já no finalzinho do ano depois de incontatáveis parcerias de grifes com fast fashion, nenhuma que tivesse causado furor ou chamado muita atenção, veio a Versace for Riachuelo congestionando nossos feeds no Instagram e as entradas e provadores das lojas, kkkkk. O desfile trouxe Donatella e praticamente todos os fashionistas pra o evento, no lançamento, teve fila antes das lojas abrirem, mal sobraram peças a venda no final do dias. Mesmo eu não tendo me apaixonado por nada especificamente (meu amorzinho foi a Ateen para C&A), a primeira parceria internacional da Riachuelo foi um bapho!

Trend Horror: Apenas, porque voltar com essa trend das Bermudas, gente? Até vejo alguns modelos, com carinha mais retrô, que são elegantes e com muito estilo dá até pra não ficar ruim. Mas pra que usar uma peça que não vai ficar ruim se você pode usar uma que realmente vai ficar bem? As bermudas na maioria das vezes tem um modelo estranho e não valorizam a silhueta, nem o look. Não rolou, nem vai rolar…

Trend Amor: Com praticamente todas as décadas sendo relidas e convivendo ao mesmo tempo, os Anos 70 tava ficando meio apagadinho, né? Faltava o empurrãozinho pra ela voltar aos holofotes! Enquanto Chlóe, Valentino, Pucci, Gucci e outras grifes se inspiraram na década lá fora, aqui o empurrãozinho veio por conta da novela Boogie Oogie, com as cinturas hiper baixas ou mega marcadas, macacões e muito, muito hand made (como no Colombian Style), como nós amamos!

Música: Oh My Gosh, hahaha! Não dá pra discutir que 2014 foi o ano dos bumbuns, kkkkkkkk, culpa de Kim, de Valesca e de Nicki! O twerk rolou em alta (dança do ano? hahaha), desafio do parara tim bum também, mas nada que se compare a Anaconda, colocou todo mundo pra dançar e grudou na cabeça!

Estilista: O estilista responsável por todo o alvoroço da Moschino, Jeremmy Scott, entrou na direção criativa da grife em fevereiro e não deixou a peteca cair em um desfile se quer. A mente criativa de Jeremmy não para, desde as coleções com a Adidas ele mostrou todo o seu lado mais pop e fun!

Previsão: A previsão pra 2015 unifica várias tendências que estão rolando todas ao mesmo tempo agora, o Top de Crochet tem o toque boho, hand made, summer, anos 70 e 90, tudo em resumido em uma peça!

2014 foi ou não foi um ano maravilhoso? Que 2015 venha cheio de energia boas pra gente e supere o ano que passou! Concorda com os eleitos da categorias da nossa retrospectiva? Fala aí nos comments, tendenciaista!

FacebookTwitterGoogle+