Precisamos falar sobre Jaden e Willow Smith na Interview Magazine

interview-magazine-willow-and-jaden_1

Quem segue o instagram do blog (@tendencialist, segue lá!) sempre vê as news sobre os irmãos Smith. Ultimamente, percebi que alguns leitores ainda não conhecem Jaden e Willow muito bem, nem sabem do engajamento deles ou da filosofia de vida.

Os irmãos – que são filhos dos atores Jada e Will Smith – são a representação da nova geração (escrevi um pouco sobre isso no site do Coletivo Minissaia, confere aqui), se preocupam com as questões ligadas ao meio ambiente, acreditam na diluição das barreiras de gênero e sexualidade, possuem uma espiritualidade aguçada e livre, sem deixar de se conectarem as redes.

interview-magazine-willow-and-jaden_2

Os irmãos são a capa dessa edição da Interview Magazine, numa entrevista feita por Pharrell Williams, Jaden e Willow explicam como veem e lidam com o mundo e suas relações. A leitura é bem interessante e nos enche de inspiração pra mudar o mundo (como eles também desejam). Além da entrevista os irmãos mostram toda sua maravilhosidade num editorial lindíssimo e forte.

Na matéria, Jaden fala sobre como o público notou a filosofia de vida deles recentemente e que isso fez eles serem precebidos de outra forma.

“Ninguém sabe que eu e a Willow éramos muito, mas muito legais antes. As pessoas estavam apenas vendo o que a gente fazia, mas nós somos muito mais que isso”

interview-magazine-willow-and-jaden_3 interview-magazine-willow-and-jaden_4

Na entrevista, Pharrell pergunta aos irmãos como foi crescer numa família com pais famosos, na resposta, Willow conta sobre o que aprendeu com Jada e Will.

“Enquanto eu crescia, tudo que eu via eram meus pais tentando ser as melhores pessoas que eles poderiam ser. (…) O que meus pais me ensinaram não tem a ver com dinheiro, sucesso, ou qualquer coisa que a sociedade diz que as pessoas devem se focar. Eles me deram algo espiritual que poucos podem compreender e aceitar. E é assim que eu ajo e me comporto no mundo de hoje”

Já Jaden explica como suas atitudes podem mudar o mundo e que sempre buscam impactar positivamente.

“Meus pais são definitivamente meus maiores modelos. E é de onde nós tiramos toda nossa inspiração para mudar o mundo. Tudo vem de um conceito de afetar o mundo positivamente e deixá-lo melhor do que era quando nós viemos. Eu sinto que isso tem influência em todas as áreas, porque a vida nos oferece tantos espaços diferentes. Isso cabe na tecnologia, na música, na ciência, na espiritualidade, na educação. De onde eu e Willow viemos, um monte de gente está tentando fazer a sociedade mais eficiente, então crianças não choram, como ‘Por que eu tenho que ir para a escola?’. Ao invés disso, crianças ficam ‘Eba! Eu estou tão feliz por ir para a escola! Eu sou uma pessoa melhor do que eu era ontem, e eu posso ajudar as pessoas’”

interview-magazine-willow-and-jaden_5 interview-magazine-willow-and-jaden_6

 

Dá pra ler a entrevista (em inglês) no site da Interview Magazine. Eles ainda contam sobre seu dia a dia e em como percebem o mundo ao seu redor. No site também dá pra ver o editorial completo, que está encantador!



#EuMeAtraio

attraction-avon-eu-me-atraio-campanha-1

A Avon só tem dado close certo nas campanhas pra internet, né? A desconstrução começou com a campanha #SintaNaPele do BB Cream Matte Avon Color Trend que trouxe diversas personalidades que colocam em questionamento a ideia de gênero como Liniker, As Bahias e a Cozinha Mineira e a maravilhosa e eterna Elke Maravilha. Ainda teve mais tiro certo com a campanha #OQueTeDefine pra a máscara Big & Define com Karol Conká, Mc Carol e LAY cantando sobre o empoderamento de cada uma e desconstruindo os padrões de beleza.

Agora, pra divulgar a nova fragrância, Attraction, trouxe a ideia do “eu me atraio quando me vejo em você”. Na campanha #EuMeAtraio, os dois personagens principais formam um casal que rompe os padrões, uma mulher que foge do modelo de beleza atual com um homem distante do esteriótipo do masculino na mídia, ambos completamente diferentes um do outro e, mesmo assim, parecidos, mostrando a liquidez das fronteiras de gênero.

Sem dúvidas, essas campanhas da Avon demonstram o inicio de uma mudança na desconstrução dos padrões que tanto aprisionam e machucam, mas uma pena que esses conceitos maravilhosos só estão na internet, né? Esperamos ver mais campanhas assim também em outras mídias e em outras marcas.



Alicia Keys é mulher empoderada e assume sua beleza natural!

Alicia Keys se empoderou! Depois da cantora Manu Gavassi, foi a vez de Alicia Keys ir contra a ditadura da beleza e fazer um editorial todinho de cara limpa, mostrando sua beleza natural. Após anos tentando se encaixar num padrão pré estabelecido, Alicia refletiu sobre sua beleza e decidiu assumir seu cabelo natural e mostra sua pele limpa, não usando mais maquiagens. Em entrevista Fault, a cantora percebeu que a obrigação de estar sempre dentro dos padrões de beleza impostos pela mídia a aprisionou.

alicia keys no more make up sem maquiagem 1

Alicia fez uma carta aberta, explicando como ela se sentiu durante esse tempo.

“Todos chegamos a um momento em nossas vidas (especialmente garotas) onde tentamos ser perfeitos”.

A cantora falou sobre a pressão que as meninas sofrem pra alcançar um padrão de beleza e que para isso se veem obrigadas a usarem maquiagem quando ainda são crianças ou a mudar o cabelo afro.

A atitude de Alicia tem a ver com aceitação, com a percepção que a real beleza está em ser como você é, e fazer disso seu instrumento de empoderamento. Ela descreveu sua decisão como:

“a coisa mais forte, poderosa, livre e honestamente bonita” que já sentiu.

alicia keys no more make up sem maquiagem 2

A cantora também falou sobre o sofrimento da mulher que vive sob essa construção social.

“Escrevi uma lista de coisas que eu estava cansada. E uma delas foi o quanto as mulheres sofrem lavagem cerebral para que a gente tenha que ser magra, ou sensual, ou desejável, ou perfeita. Uma das muitas coisas que eu estava cansada era do constante julgamento das mulheres.”

O que Alicia passou é o mesmo que milhões de mulheres sentem, além de ter que lidar com os padrões impostos pela mídia, seja no sofrimento de tentar se encaixar neles ou na luta contra os mesmo e pela sua liberdade, ainda há o julgamento de semelhantes, que muitas vezes passam pelos mesmos problemas, mas que, por causa da lógica de pensamento que foi construída e assimilada como verdade irrefutável, julgam, condenam e criticam.

alicia keys no more make up sem maquiagem 3

A maquiagem pode servir como um instrumento que auxilia no empoderamento, mas, para a cantora, era um simbolo contrário. Alicia não vai mais usar maquiagem, dessa forma ela se sente empoderada.

Não quero me cobrir mais. Nem meu rosto, nem minha mente, nem minha alma, nem meus pensamentos, nem meus sonhos, nem meus esforços, nem meu crescimento emocional. Nada”.