Desmistificando Hipster

A origem do termo em si é incerta sabe-se que surgiu na década de 40. A sub-cultura foi considerada como os “pós-dadaístas”, tinham aquele ar despreocupado e meio depressivo até.
Os hipsters estavam a procura de… Bom… Acho que nem eles sabiam do que. Mas é certo que o que eles queriam além de  jazz, era uma mudança, menos hipocrisia, menos rótulos. Nos anos 90 o estilo hipster começou a virar moda.
 

 

Atualmente os hipsters são conhecidos como “lançadores de tendências”. São adolescentes de classe média e alta, urbanos que curtem o que é alternativo, diferente. Aquela banda que ninguém conhece, o filme cult que passa na sala de arte, vai no museu, no brechó… Usaram o oxford, o xadrez, o wayfarer antes de se popularizar… 

 
Gradativamente eles vão mudando o que usam (quanto mais popular algo fica menos ele usa), mas não a forma de usar: Adoram mistura o vintage com o moderno, uma coisinha que já usaram há muito tempo com algo que todo mundo ainda vai usar… O cabelo liso, bagunçado e/ou sujo. Antenados em cultura e principalmente no que é antigo. Sempre conhecem um lugar que vai bombar na próxima estação…

Inspirações hipsters:

FacebookTwitterGoogle+


Aperta o Play: Lana Del Rey

Nunca ouviu falar na Lana Del Rey? Muita gente ainda não, mas com a aparição da cantora em sites e blogs de cultura pop mundo afora isso será por pouco tempo.

Depois de ter lançado um álbum em 2008 que não deu muito certo, Lana Del Rey colocou botox para fazer bocão, hehehe, trocou o estilo do figurino e se jogou num tipo meio deprimido. A mudança deu certo. Há uns meses veio o hit Video Game.

A nova cantora do pedaço emplacou agora Born To Die (parece nome de música da Lady Gaga…) música principal do álbum homônimo.
 
Então aperta o play:
 
 
Dizem por aí que ela é a nova Adele, que era a nova Amy Winehouse…
FacebookTwitterGoogle+